RSS

domingo, 21 de fevereiro de 2010


DICAS E SUGESTÕES DE LAVAGEM






DICAS.



Como escolher um excelente lençol:



Lençóis de qualidade são feitos para proporcionar absoluto conforto, bem-estar e também para durar muitos anos. Maciez, cores, estampas, tamanhos, facilidade de uso. Saiba como avaliar um lençol e dormir tranqüilo com a sua escolha:

Os diferentes números de fios:

• Um bom lençol deve ser 100% algodão. Mas e o número de fios por polegadas? Qual a importância e o benefício na prática?

A quantidade de fios tecidos por polegada define a maciez e a durabilidade do seu lençol. Para garantir o seu conforto, os melhores produtos tem no mínimo 200 fios por polegada. Um lençol com 200 a 220 fios por polegada é considerado muito bom e se tornou símbolo de elegância e bem viver. Com 230 a 300 fios por polegada temos um produto excelente, com toque extremamente macio e especial. Lençóis com 600 fios têm uma inigualável textura acetinada e nobre.



A confecção de um bom lençol começa pelo cuidado e rigor na escolha da matéria-prima. O algodão egípcio e o Pima Cotton são sempre as escolhas certas para você que quer uma roupa de cama em 100% algodão com alta qualidade.

O algodão egípcio é a fibra de algodão mais refinada e macia do mundo. Além de ser mais durável, é sinônimo de luxo, sendo uma fibra oferecida apenas pelas boas marcas. Caracterizado pelo comprimento longo de suas fibras, só é cultivado no Egito, que tem o clima ideal para sua planta. O Pima Cotton também é uma fibra têxtil de excelente comprimento e pode ser encontrado em qualquer parte do mundo. Tanto o algodão egípcio quanto a Pima Cotton são fibras que compõem os melhores lençóis, proporcionando mais conforto, durabilidade e capacidade de absorção.



Lençóis especiais podem ser confeccionados de muitas maneiras, mas as principais e mais usuais resultam em tecidos como percal, acetinado, adamascado e jacquard.



Percal: A trama do percal é plana, simples, extremamente durável e a base perfeita para lençóis com bordados ou com desenhos. No percal os desenhos ficam mais nítidos e claros.



Acetinado: Na trama do acetinado os fios flutuam na superfície do tecido. Os acetinados são sempre confeccionados com o nobre algodão egípcio, tem uma textura muito macia, são encorpados e luxuosos.



Adamascados e Jacquard: A trama do Jacquard é feita em um tear especial. O tear de jacquard foi inventado no século XVI, permitindo que o desenho fosse incorporado ao tecido e não impresso. Hoje, máquinas especiais computadorizadas geram belas tramas e desenhos.

O adamascado é um tipo de jacquard muito apreciado e geralmente feito tom sobre tom.



OS TAMANHOS:



Medidas da cama



1,40m- Lençol tamanho Standard

1,60m- Lençol tamanho Queen Size

1,80m- Lençol tamanho King Size

2,00m- Lençol tamanho Super King Size







Sugestões de lavagens:



A lavagem doméstica é recomendada para lençóis, toalhas de banho e de mesa, exceto quando a lavagem à seco for indicada.



Recomendamos:

• Pré- lavar todas as peças antes de usa-las.

• Lavar as peças separadamente das demais roupas, evitando principalmente

peças que contenham poliéster. O Poliéster solta bolinhas que irão depositar-se sobre as fibras naturais, diminuindo a suavidade e maciez do tecido.

• Roupas com botões e zíperes podem danificar as peças delicadas na lavagem.

• Escolha um detergente de lavagem suave .

• Evite produtos com agentes de coloração azul ou alvejantes em tecidos

coloridos ou com bordados em cores, pois podem desbotar progressivamente.



Algodão: Deve ser lavado separadamente na primeira vez. Detergentes suaves protegem melhor da descoloração. Encolhe se lavado à temperatura muito alta.



Fibras sintéticas: Altas temperaturas são sempre prejudiciais. Secagem à máquina ou a exposição direta à luz tendem à endurecer as fibras.



Lã: Recomenda-se lavar a seco. Encolhe se lavada à temperatura muito alta ou se ficar de molho. Deforma se pendurada para secar.



Linho: Recomenda-se mandar ao tintureiro. Caso lave à mão, utilize água fria.



Seda: Não deve ser lavado à temperatura alta. Não deve ir à secadora. Manchas resistentes devem ser tratadas por tinturaria.



LAVAGEM DE ROUPAS DE CAMA



As peças devem ser separadas em cores claras ou escuras. Evite sobrecarregar a máquina para evitar quebra das fibras longas como as de algodão egípcio. As roupas de cama, quer sejam de algodão puro ou mistura de algodão/linho, devem ser lavadas em água morna, usando sabão neutro suave, com enxágüe final frio.



Deixe que sua lavadora encha e comece a agitar antes de colocar sabão ou alvejante. A menos que suas peças estejam extremamente sujas, use metade da quantidade de detergente recomendada. Isso reduzirá os danos às fibras e limpará suas peças perfeitamente.



Retire imediatamente as roupas de cama lavadas da máquina. Isso ajuda a reduzir o enrugamento. O ato de sacudir as peças úmidas antes de secar (em baixo calor) também ajudará a reduzir enrugamentos e a acelerar o tempo de secagem.



LAVAGEM DE ROUPAS DE BANHO



Toalhas felpudas: a lavagem de toalhas felpudas antes de usar inicia o processo de quebra, tornando-as mais macias e mais absorventes. Diversas lavagens são necessárias para que toalhas felpudas 100% algodão obtenham sua absorção máxima,

fofura e maciez.



Toalhas em tecido alveolado: essas toalhas leves, trançadas em forma de waffle, tem tramas bem soltas para absorção, secam muito rapidamente e foram pré-encolhidas. Os itens de alvéolos brancos com bordas coloridas podem ser branqueados

de forma segura para manter seu brilho.



Lave as toalhas em água morna e detergente suave. É particularmente importante, com relação às toalhas, não usar amaciantes de tecido, porque isso reduz a capacidade de absorção da toalha.



LAVAGEM DE PEÇAS DE MESA



Nossas toalhas de mesa, tecidas em jacquard, dispensam cuidados: elas são pré-encolhidas, têm acabamento de fácil manutenção e podem ser branqueadas sem afetar o brilho da cor. Não é recomendado processo de limpeza a seco; a lavagem relaxa as fibras, o que realmente aumenta os padrões embaraçados do jacquard.



Os panos de prato são destinados ao uso intenso, ótimos para enxugar pratos e cristais, mas também para limpar derramamentos. Pode-se usar alvejantes para

manter sua aparência elegante.



Peças de mesa em linho devem ser lavadas em água morna e detergente suave, com enxágüe final frio. Pode-se usar alvejantes, que dão polimento às peças de linho. Amaciantes de tecido não são recomendados, porque reduzem a absorvência e transmitem uma fragrância que pode ser desagradável.



Remova imediatamente os tecidos da máquina de lavar e agite para ajudar a minimizar o enrugamento antes de secar



COMO SECAR



Secagem em varal é o ideal, deixando as peças quase sem enrugamentos e com cheiro de roupa nova, mas o uso de sua secadora com os ajustes apropriados produzirá resultados satisfatórios, deixando as peças macias e relativamente livres de enrugamentos.



Não seque excessivamente suas peças usando ajuste muito quente da secadora. Regule sua secadora na pressão permanente, que tem um ciclo cool-down (esfriar) no final o que ajuda a reduzir enrugamentos. A maioria das secadoras tem ciclo de ar que simplesmente agita ou revira seu conteúdo sem nenhum aquecimento. Este também é

um bom método de secar.



Retire suas peças imediatamente, para reduzir o enrugamento. Suavize-as Posteriormente, pressionando com os dedos detalhes como flanges nos travesseiros, bordas nos lençóis lisos, bordas nas toalhas de mesa ou guardanapos. Em seguida, dobre cuidadosamente.



COMO PASSAR A FERRO



A lavagem e secagem adequadas de suas peças eliminarão muitas rugas. Mas as peças finas de tecidos feitos de fibras naturais normalmente enrugam, particularmente quando novas. À medida que ficarem mais usadas, tornam-se mais macias e encolhem menos.

O uso de um bom ferro a vapor facilitará o passar. Evite usar produtos à base de goma, que têm a tendência de aderir à superfície do ferro e podem também atrair traças para as peças guardadas. Se você quiser passar a ferro suas peças, recomendamos os seguintes procedimentos:



Roupas de cama



Passe a ferro suas roupas de cama enquanto ainda estiverem úmidas. Se a peça for bordada, passe a ferro pelo lado do avesso para evitar danos ao bordado.

Veja a etiqueta costurada na peça com os símbolos universais para ajuste apropriado de seu ferro .



Peças de mesa



As toalhas de mesa em tecidos de algodão devem ser passadas enquanto úmidas. Curiosamente, o ato de passar a ferro peças de mesa em tecidos trançados em jacquard realçará o padrão, aumentando a aparência tridimensional própria da técnica de trançagem em jacquard.



COMO GUARDAR AS PEÇAS



Se você pretende guardar suas peças, passe-as a ferro antes.



Guarde as peças horizontalmente. Se as prateleiras forem de madeira, forre-as com papel macio, tipo lenço de papel; algumas madeiras, como o cedro, contêm óleos que

podem danificar as peças.



Não deixe as toalhas sobre mesas que possam ficar expostas à luz solar direta por muito tempo.



CUIDADOS COM OS PRODUTOS DE PLUMAS



Use sempre uma capa para proteger e manter limpo seu edredon de plumas.



Use protetor para travesseiros de plumas e lave esse protetor regularmente.



Protetor para os colchões de plumas é fortemente recomendado.



Todos os produtos de plumas devem ser afofados diariamente para manter o volume e a maciez das plumas.



Quando sujos ou manchados em determinado local, os edredons e travesseiros de plumas podem ser limpos no local da mancha com pano úmido e sabão neutro.



Se colchões ou edredons de plumas sujarem com o uso, lave-os somente a seco.



A lavagem rejuvenesce a qualidade da plumagem, tornando-a mais macia e com cheiro de novo.



Edredons e travesseiros de plumas gostam de secagem ao sol. Espalhe-os sobre um lençol no gramado ou piso e agite-os com vigor de vez em quando durante a secagem. Ou você pode colocar em uma secadora em temperatura média, retirando a cada hora para sacudir as plumas. Colocar algumas bolas de tênis na secadora facilitará a secagem. Certifique-se de que seus edredons e travesseiros de plumas estão totalmente secos antes de coloca-los de volta na cama ou armário. Sempre guarde em sacos de algodão, nunca em plástico.



REMOVENDO MANCHAS COMUNS:

DICAS BÁSICAS

Aja rapidamente, mas com delicadeza. Não deixe as manchas sobre o tecido por muito tempo para evitar que envelheçam e penetrem nas fibras.

Se a origem da mancha for um produto espesso (vela, tinta) antes de mais nada raspe delicadamente com uma espátula.

Sempre use um tecido branco limpo ou chumaço de algodão embebido no produto indicado.

Nunca esfregue com vigor, em vez disso dê pequenas e repetidas batidinhas sobre mancha, com o produto apropriado.

Antes de utilizar um produto, verifique sempre se ele não degrada a cor experimentando-o sobre uma região pequena na parte interna da roupa.

Para evitar aureolas, inicie pela borda da mancha e vá aproximando-se do centro.

Não utilize grande quantidade do produto de limpeza, melhor acrescentar aos poucos.

Solventes inflamáveis devem ser utilizado com prudência.

Efetue sempre uma lavagem após tratar da mancha, independente do produto utilizado.

TÉCNICAS PARA TIRAR MANCHAS COSTUMEIRAS.



Batom- Esta mancha pode ser removida mais facilmente molhando-se a parte manchada com água e, em seguida aplicar um pouco de bicarbonato e esfregando (delicadamente, se o tecido for fino) até a mancha desaparecer por completo.



Bebida alcoólica: Esfregar éter e depois enxaguar com água.



Bolor: Ferver o tecido manchado numa água contendo um pedaço de couro de bacalhau. Também desaparece aplicando uma mistura de 1 parte de amoníaco para 16 partes de água.



Café: Lavar imediatamente com água bem quente, ou colocar um pano embaixo da mancha e esfregar gelo sobre a mesma até ela desaparecer.

Pode-se também esfregar sobre as manchas um pano embebido numa mistura de álcool e vinagre branco, depois deixar secar.



Café com leite: Lavar com água e sabão, caso não saia, lavar com água oxigenada.



Chocolate: Molhar o tecido, em seguida esfregar de leve com um panos embebido com vinagre branco. Se o tecido for branco, utilizar água oxigenada 10 volumes.



Chiclete: Passar uma pedra de gelo até que a mancha endureça. Raspar com uma espátula e completar com lavagem conforme indicado na etiqueta da roupa.



Ervas: Esfregar a mancha ligeiramente com um pano embebido em álcool comum.

Pode-se também utilizar álcool 90° ou vinagre branco.



Ferrugem: Utilize suco de meio limão, adicionando uma colher de sal refinado. Produtos específicos para ferrugem podem também, ser encontrados em farmácias e supermercados. ( A mancha de ferrugem pode provocar um buraco na roupa).



Frutas e legumes: Aconselha-se lavar rapidamente o tecido ou passar um tecido embebido em vinagre branco, ou água oxigenada 10 volumes.



Frutas vermelhas: Se a mancha ainda estiver úmida, pulverize com sal e sabão liquido suave, deixe assentar por duas horas e enxágüe bem.

Se a mancha já estiver seca, deixe o local de molho numa solução de bórax (uma colher para seis de água).



Graxa, pixe: Não deixe a graxa assentar. Pulverize a mancha com amido de milho e bicarbonato de sódio e deixe por duas horas. Deixe por duas horas. Raspe o pó e repita o processo. Escove o pó e lave o tecido de forma usual.



Gordura, manteiga ou margarina: Misture uma colher de chá de detergente com água morna. Aplique na mancha e passe um pano, repita a operação quantas vezes for necessário. Pode-se também misturar uma parte de vinagre branco, com duas partes de água.

Polvilhar talco neutro, colocar um papel absorvente em cima da mancha e passar com ferro, até o papel absorver toda a mancha.



Lama: Deixar secar, logo depois escovar. Passar em seguida água com vinagre branco (2 colheres de vinagre para 250 ml de água).



Maquiagem: Aplicar álcool 90°.



Marcas de Queimado: Aplicar vinagre branco e suco de limão. Deixar secar à sombra.



Mofo: Em tecido branco, mergulhar e deixar um pouco na água com cândida diluída. Em tecidos de cor, umedecer com suco de limão. Em tecido sintético ou seda, molhar num banho de leite.



Sangue: Lavar em água fria. Se a mancha persistir, embeber o tecido em água oxigenada, deixar agir e lavar.

Em tecidos de cor ou lã, derreter um comprimido de aspirina num copo d’água e mergulhar a parte manchada por alguns minutos.

Sangue seco: Deixar o tecido embebido em água fria e duas xícaras de sal por uma noite. Lave de forma usual.



Tinta de caneta esferográfica: Sobre a lã, esfregar levemente álcool. Sobre algodão, remover com solvente apropriado para tecidos. Sobre poliéster, remover com solvente incolor para esmaltes de unhas.



Transpiração: Em tecidos resistentes, esfregar a mancha com água oxigenada. Para tecidos delicados, deixar de molho meio dia em água fria adicionada de vinagre branco.



Vela: Tirar o máximo da crosta de cera raspando delicadamente os dois lados do tecido com uma espátula. Se a vela for branca, colocar o tecido entre 2 folhas de papel absorvente e passar com ferro morno, trocando o papel a medida que ele absorver a vela derretida. Lavar normalmente.

Caso resista uma mancha gordurosa, eliminar passando álcool. Se a vela for colorida, impregnar os dois lados do tecido com álcool puro. Depois de uns 10 minutos esfregar com as mãos.



Vinho tinto: Esfregue sal na mancha e enxágüe na água fria.

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

Hoje vou mostrar as toalhas q acabei de de fazer


ESSA TOALHA LINDA FOI MINHA MANA NOEMI Q FEZ E ME PRESENTEOU


































terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

Hoje vamos ver umas dicas legais


A rúcula é ou não é uma das folhas mais deliciosas para quem aprecia; quem não gosta, enjoa só em ficar perto, isto porque a rúcula tem cheiro e gosto bem característicos; firmes, assim como são suas propriedades curativas.
Originada da Europa, Ásia e África, a erva adaptou–se muito bem ao clima brasileiro, onde é chamada também agrião mostarda ou pinchão.
Tem várias propriedades medicinais: depura o sangue, melhora a gengivite, as funções orgânicas, cuida da bronquite, tosse ou qualquer outra afecção pulmonar. Como contém muita vitamina C, combate o escorbuto e é diurética. Seu óleo essencial contém também nitrogênio.
Pode-se comer a rúcula na salada crua, ou temperada a gosto com limão, azeite de oliva, shoyu, etc.. O importante é não cortar suas folhas, comê-las inteiras ou rasgar com as mãos, não sei o porquê, mas cortar com a faca, perde o sabor característico.
Dicas Terapêuticas:
1. Mastigar as folhas e talos da rúcula, principalmente pela manhã, depois da higiene bucal, para fortalecer a gengiva.
2. Fazer um chá com 2 colheres de sopa da folha, deixar num copo, despejar água fervendo, abafar por 20 minutos, colocar mel e tomar uma colher de sopa 2 a 3 vezes ao dia para adulto. Para criança metade da dose . Guarde na geladeira e amorne toda vez que for tomar, para afecções pulmonares (bronquites e tosses).
3. Para clarear as manchas escuras da pele: acrescente à receita acima o suco de meio limão. Aplique em todo o rosto e pescoço, à noite em forma de compressas. Não use durante o dia, é perigoso porque a reação do sol com o limão na pele provoca queimaduras.
A rúcula contém vitamina C, sais minerais, óleo essencial sulfurado e nitrogenado.
Saúde Integral espera que você goste da rúcula, se delicie e possa ter gengiva, pulmões e pele mais saudáveis Sites: www.saudeintegral.com,
Related Posts with Thumbnails

Top 10 - Postagens